A presidente-executiva do Yahoo!, Carol Bartz, disse que a empresa continuará modernizando suas propriedades on-line até a metade de 2011, em um esforço para que os usuários passem mais tempo em seus sites.

Bartz disse a analistas nA quarta-feira (26) que o Yahoo! tem como prioridade oferecer mídia social, vídeos e conteúdo local adicionais em sua rede de mais de uma dúzia de sites. A rede inclui sites de compras, esportes e finanças.

Ela afirmou que o Yahoo! não tem planos de acompanhar concorrentes como Google e Microsoft no desenvolvimento de um celular inteligente ou sistema operacional próprio.

“Não quero oferecer celulares; não é um segmento do negócio que me interesse”, disse Bartz. “O que precisamos ter são sempre os melhores aplicativos, os melhores.”

O Yahoo! vem reorganizando seus negócios, vendendo ativos e adquirindo novas companhias, sob o comando de Bartz, que assumiu sua atual posição em janeiro de 2009.

Ontem, o Yahoo! anunciou uma parceria com a Zynga, sob a qual jogos para redes sociais da empresa, a exemplo do FarmVille, serão oferecidos nos sites do Yahoo.

No mês passado, a companhia adquiriu a Associated Content, uma editora on-line que oferece artigos e vídeos criados por uma rede de freelancers.

Em julho do ano passado, Bartz assinou um acordo de 10 anos com a Microsoft para economizar centenas de milhões de dólares anuais em despesas, ao transferir as funções de indexação da empresa à Microsoft, enquanto o Yahoo se concentra em aprimorar as pesquisas.

“O Yahoo! tem seu foco, está entusiasmado quanto ao futuro e recuperou seu orgulho”, disse Bartz.

A companhia vem enfrentando crescente concorrência de outras companhias de internet.

Desde setembro, quando a empresa lançou uma campanha publicitária de US$ 100 milhões, o número de visitantes aos sites do Yahoo! nos EUA caiu em 2,6%, para 155,6 milhões em abril, enquanto o total de páginas visitadas caiu em 11,4%, de acordo com a comScore, empresa de análise de tráfego na internet.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/tec/741297-yahoo-ira-modernizar-sites-ate-meados-de-2011-diz-presidente.shtml