O chefe de infraestrutura da Pella Corp., Jim Thomas, afirma que sua equipe de TI começou a fase de testes do Windows 7 em 2009, como caminho para atualizar o Windows XP. Em outubro, dois meses depois do lançamento do sistema operacional, a fabricante japonesa de janelas já tinha 225 clientes ativos e o feedback da equipe de TI e dos usuários foi positivo em geral.

Pella está pronta para dar um passo a frente, afirma Thomas. “Teremos 50% dos nossos usuários – 2.500 máquinas – com o Windows 7 em 2010.” Até o final do ano, ele espera ter 90% da empresa utilizando o novo sistema operacional.

Desta vez, de acordo com as organizações de TI, parece que a Microsoft finalmente acertou. E bem na hora. Cerca de 80% das organizações de TI não adotaram o Windows Vista, segundo o Gartner. Ao invés disso, a grande maioria das empresas manteve o Windows XP, um sistema desatualizado com oito anos e meio de idade.

A Computerworld/EUA entrevistou 285 profissionais de TI para medir suas atitudes e intenções em relação ao Windows 7. Em geral, 72% afirmaram que planejam migrar para o Windows 7, dos quais 70% disseram que vão integrar o sistema em um ano ou já estão instalando.

O motivo principal para atualizar: para se livrar da antiga plataforma Windows XP. No entanto, quase 40% dos entrevistados disseram que vão ficar com o Windows XP até o fim do suporte – abril de 2014 – antes de instalar o Windows 7 em todas as máquinas voltadas ao Windows.

Qual versão do Windows está sendo utilizada nas operações de TI?

  • Windows XP – 93%
  • Windows Vista – 35%
  • Windows 2000 – 15%
  • Windows 98 – 3%
  • Windows 95 – 2%

Fonte: Computerworld/EUA (205 entrevistados)

Mas os que querem esperar estão em menor número. “Estamos prontos para seguir”, afirma o diretor de um escritório da consultoria Milliman, Paul Shane. Ele evitou o Vista, dizendo que o sistema era inicialmente problemático e com falhas, e continua sofrendo de baixo desempenho. Mas ele espera ter a maioria dos seus  150 desktops e laptops será atualizada para o Windows 7 até o final do ano. Decepcionado com o Vista, Shane considerou brevemente a plataformas Mac OS X. Agora, ele diz, “deixamos essas de lado”.

Assim como Thomas, Shane não está nem esperando pelo primeiro Service Pack, que deve chegar ainda neste ano, de acordo com o analista do Gartner, Michael Silver.

O que o TI quer: recursos corporativos
O Windows 7 é uma oportunidade para o setor de TI aproveitar novas funções e uma integração melhorada, especialmente com o Windows Server e com o Microsoft System Center Configuration Manager, que pode trazer economia com a redução de softwares necessários para gerenciamento, além de tornar a administração de desktops mais fácil.

Fonte: http://computerworld.uol.com.br/tecnologia/2010/03/09/windows-7-mais-de-70-das-empresas-planejam-migracao/