A Universidade Rice, nos Estados Unidos, e Universidade Nacional de Sunchon, na Coréia, criaram um transmissor, que fica invisível ao ser impresso em embalagens de produtos comercializados em supermercados.

A tecnologia, baseada em uma tinta com nanotubos de carbono, funcionará a partir das etiquetas com frequências de rádio (RFID), e pode substituir os códigos de barra. Ela permitiria que a passagem pelos caixas fossem muito rápidas. Em segundos, todos os itens seriam lidos, somados e o estoque da loja atualizado, tudo ao mesmo tempo. As etiquetas impressas com a tinta especial ligam quando recebem as frequências de rádios corretas, e retornam para os sistema de informação que contêm, por exemplo, o preço.

Porém a tecnologia tem de ter o tamanho de um código de barras, o que está se tornando um problema para os desenvolvedores.

Fonte: http://infogpsonline.uol.com.br/noticias-diarias.php?id_noticia=10616