A Sony, rejeita a culpa pela falha no sistema da BIOSque pode causar superaquecimento nas linhas C e F de notebooks Vaio e que obrigará a empresa  a fazer um recall em 500 mil unidades dos modelos.

De acordo com a fabricante japonesa, o sistema não foi desenvolvido por ela, mas por uma empresa tercerizada. No entanto, a Sony admite não ter realizado os testes necessários antes de instalar a BIOS nas máquinas. Em alguns casos o gabinete dos PCs portáteis chegou a deformar em função do calor excessivo.

A Sony solicita que os donos dos portáteis façam a atualização do software por conta própria ou que os enviem para assistências técnicas autorizadas para serem corrigidos. A falha se estende a 535 mil máquinas. Mesmo assim, a Sony solicitou a 646 mil proprietários que executassem a atualização do software essencial contido nos laptops.

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/computacao_pessoal/2010/06/30/sony-culpa-desenvolvedora-de-bios-pelo-superaquecimento-dos-notebooks-vaio/