Os ciberataques tiveram um custo mundial equivalente a R$ 3,3 milhões em 2010, em média e per capita, às empresas, de acordo com uma nova pesquisa feita pela empresa de segurança na internet Symantec. O número foi reportado pelas empresas à companhia.

Em relatório divulgado na segunda-feira (1º), a empresa aponta ainda que 43% das 2.100 empresas entrevistadas perderam dados confidenciais durante 2009.

A pesquisa também aponta que 75% das companhias passou por alguma experiência relacionada a cibercrimes nos últimos 12 meses.

As três maiores perdas empresariais reportadas foram roubo de propriedade intelectual, informações financeiras e informações pessoais de clientes

Segundo o jornal “The Daily Telegraph”, o relatório define cibercrime como o ato ilícito cometido pela internet, usando computador de mesa ou dispositivo móvel, para prejudicar algum negócio em troca de ganho financeiro. E-mails de spam, falsos antivírus e invasão a computadores são alguns deles.

“Organizações precisam proteger suas infraestruturas fechando as saídas [de dados]. protegendo mensagens e internet, defendendo servidores internamente, e implementando a possibilidade de fazer back-up e de recuperar dados.”

http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u700866.shtml