O Ministério Público Federal em São Paulo abriu por 60 dias, contando a partir desta segunda-feira (22/3), a consulta pública “Internet 3G, atendimento ao consumidor, qualidade, velocidade, continuidade do serviço, contrato e condições de oferta”.

De acordo com o MPF/SP, o objetivo da consulta é colher informações e opiniões dos consumidores para instruir procedimento do órgão sobre o assunto. O órgão abriu um inquérito civil após uma representação da associação de defesa do consumidor Proteste, que busca apurar os possíveis danos aos consumidores em face da má prestação de serviços por parte das operadoras.

Segundo informou o MPF/SP, constam no protocolo apresentado pela entidade reclamações sobre problemas com o serviço, baixa velocidade, oferta diferente da que foi oferecida, mau atendimento ao consumidor e até propaganda enganosa.

Contribuições podem ser enviadas por e-mail, até as 16 horas do dia 18 de maio, para o endereço [email protected]

Fonte http://idgnow.uol.com.br/internet/2010/03/22/mpf-abre-consulta-publica-sobre-qualidade-de-banda-larga-3g/