SEATTLE – A Microsoft afirmou que investigará denúncias de condições de trabalho inadequadas em uma das fábricas onde são feitos seus produtos no sul da China.

A maior fabricante de software do mundo está respondendo a um relatório do The National Labor Comittee, uma organização sem fins lucrativos que avalia o tratamento a empregados de companhias americanas fora dos EUA. Nesta semana, a instituição publicou uma análise segundo a qual os chineses que trabalham para a Microsoft na KYE Systems são mal pagos, tem jornadas muito longas, com comida insuficiente e pouca liberdade.

A KYE fabrica webcams e mouses da MS e controles para o Xbox.

O relatório afirma ainda que jovens de 16 anos de idade trabalham cerca de 15 horas sem descanso, por 0,50 centavos de dólar a hora, e são proibidos de falar ou ir ao banheiro durante este período. Além disso, os empregados vivem em alojamentos ao lado da fábrica e só podem sair em momentos determinados.

Em um post no seu blog, a Microsoft disse que mantém rigorosos padrões para fornecedores como a KYE e que essas empresas passam por auditorias anualmente. A gigante também declarou que trimestralmente seus representantes visitam a KYE e que todas as semanas recebe um relatório sobre critérios de segurança e de condições de trabalho.

Segundo a companhia, auditores independentes irão à KYE para investigar a denúncia.

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/mercado/ms-inspecionara-fornecedora-na-china-16042010-1.shl