A IBM Brasil realizou movimentações internas a fim de melhor alinhar o seu time executivo ao plano de crescimento da organização ao longo de 2010. A empresa fez mudanças nas áreas de vendas para o setor público, consultoria e no departamento de Recursos Humanos.

O executivo Gustavo Rabelo foi promovido a diretor de relações governamentais da IBM Brasil, em substituição de Saulo Porto, que passa a responder por essa área para América Latina. A empresa também fez outras mudanças em seu quadro para alinhar o seu time ao plano de crescimento da companhia;

Osvaldo Nascimento, que até então respondia pela área de Recursos Humanos, passa a atuar como diretor do setor público, no lugar de Luiz Flaviano, atual executivo de managed business process services (MBPS ou BPO) da IBM Brasil.

Para liderar a área de RH, a IBM Brasil contratou a Carlos Magni, que era diretor de RH na Renault Brasil desde 2002. Magni chega à empresa com a missão de continuar a trabalhar a excelência da companhia na gestão de pessoas e com o foco contínuo em clima e desenvolvimento.

Ricardo Gomez deixa a liderança do segmento de consultoria da IBM Brasil – Global Business Services (GBS) – e assume a diretoria de Consulting Services (CS) em GBS para a América Latina.

Tonny Martins substitui Ricardo Gomez e atua agora como diretor de GBS Brasil. Ele foi o líder de Application Management Services (MAS) da IBM Brasil e América Latina nos últimos três anos.

Plínio Correa, que liderava operações de vendas, assume a diretoria de Integrated Supply Chain (ISC), sendo responsável pela manufatura, logística, faturamento, inventário, processos e TI.

Fonte: http://computerworld.uol.com.br/carreira/2010/04/26/ibm-nomeia-novos-diretores-para-brasil-e-america-latina/