Um novo padrão de Wi-Fi promete um mundo sem cabos e com velocidades até dez vezes maiores do que as das rede sem fio atuais.

Chamado WiGig, o formato está em desenvolvimento pela Wi-Fi Alliance, que certifica padrões sem fio, e pela Wireless Gigabit Alliance.

O objetivo do formato é substituir a maioria das conexões cabeadas entre dispositivos.

Com velocidade de 7 Gbps, o novo formato seria ideal para transmitir vídeo em alta definição, por exemplo, o que poderia aposentar os cabos HDMI.
Segundo Kelly Davis-Felner, diretora de marketing da Wi-Fi Alliance, a tecnologia deve demorar ao menos dois anos para chegar ao consumidor final.

O WiGig, segundo as duas organizações, não pretende substituir as bandas Wi-Fi atuais, e sim atuar como um complemento delas.

“Os usuários querem cortar os cabos”, afirmou ao “Los Angeles Times” Bruce Montag, técnico-chefe da Dell, que faz parte da WiGig Alliance.

Montag afirmou estar animado com com a possibilidade de sincronizar músicas e vídeos entre seu computador e seu celular sem conectar cabos.

Além da Dell, a Cisco faz parte do conselho de diretores da WiGig Alliance.

“Temos praticamente todos os fabricantes de chips Wi-Fi no conselho”, disse Ali Sadri, presidente da WiGig Alliance, ao “Los Angeles Times”.

O grupo pretende estimular fabricantes de dispositivos de rede como D-Link e Linksys a implementar o WiGig em seus próximos produtos.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u737657.shtml