Criminosos virtuais voltaram a usar o ataque pelo Skype para roubar dados.

Segundo o site ZDNet e pesquisadores da Trend Micro, multinacional especializada em segurança de conteúdo para a internet, a ação aproveita a vulnerabilidade de um componente do Skype, denominado EasyBits Extras Manager.

O download de arquivos maliciosos é feito a partir da falha desse compontente.

O código malicioso rouba as informações pessoais do usuário, especificamente as relacionadas a transações bancárias on-line.

Em nota, a empresa afirma que, com o passar dos anos, o Skype tornou-se alvo e foi utilizado como vetor de infecção, devido ao aumento de usuários, por várias famílias de malwares, incluindo Strat, Koobface e, recentemente, Palevo.

O Skype tem mais de 500 milhões de usuários registrados e adiciona 300 mil usuários diariamente.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/tec/754472-falha-no-skype-e-alvo-de-criminosos-virtuais.shtml