Uma pesquisa realizada pelo Departamento de Administração de Informação e Telecomunicações Nacional (NTIA) revelou que 30% dos americanos acessam internet discada ou não usam a rede em nenhum lugar. O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (17), nos Estados Unidos.  As informações são do portal americano Ars Technica.

“O relatório confirma que, mesmo no final da primeira década do século 21, vários americanos ainda usam conexões lentas e não usam internet para todas as tarefas”, disse o chefe do departamento, Lawrence Strickling, no documento de apresentação do levantamento. “Embora a vida sem internet banda larga seja inimaginável para boa parte dos americanos, a banda larga é inatingível para outros americanos”.

Candidatos a uma vaga de emprego ou que vão ingressar em uma universidade têm mais dificuldades por não terem acesso à internet de alta velocidade, mesmo assim parte dos entrevistados alega não estar interessada em acessar a rede, pois alegam que não precisam.

Por outro lado, a maioria que quer ter acesso à web, mas não tem,  argumenta que eles não o fazem, pois não possuem um computador bom , outros alegam que ter internet banda larga é muito caro e há ainda os que não usam por não terem conhecimentos suficientes.

No entanto, os números não são tão negativos comparado a anos anteriores. A porcentagem de pessoas que nunca utilizaram a internet foi caindo gradativamente com o passar dos anos: em 2007, a porcentagem era de 37,6%, em 2009 a porcentagem caiu para 31,6%.

A pesquisa do departamento norte-americano deverá ser analisada pelo responsável pela FCC (Comissão Federal de Comunicações), Julius Genachowski. A instituição tem um projeto para aumentar o acesso à banda larga no país. O plano prevê que 100 milhões de casas deverão ter acesso à internet de 100 Mbps até 2020. Isso fará, segundo Genachowski, que os Estados Unidos tenha a maior rede de internet banda larga do mundo.

O relatório, chamado de “Nação Digital: Progresso da América em relação ao acesso universal à banda larga”, foi feito com base no Censo e consultou 54.000 famílias e 129.000 cidadãos.

Fonte: http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2010/02/18/estudo-mostra-que-30-dos-americanos-nao-usam-a-internet.jhtm