A Warner Bros está contratando estudantes universitários dos Estados Unidos para espionar pessoas que fazem downloads ilegais.

O recrutamento ocorre partir de uma propaganda da distribuidora de filmes na Universidade de Manchester, segundo informam sites de tecnologia como o TechRadarnesta segunda-feira (29).

O emprego tem a descrição de interno de antipirataria, e tem um contrato de 12 meses.

A expectativa é de que o contratado “prepare envios de alerta de infração e vá em busca de retornos”; além de que “dê entrada em dados de pirataria e outras informações para a base de dados forense”.

Segundo o comunicado, o escolhido vai receber US$ 47,5 mil pelo período de trabalho.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u713722.shtml