Ainda está longe de se tornar realidade, mas um relatório indica que em 2050, cerca de 11% da energia elétrica consumida em todo o mundo será produzida a partir de paineis solares. Divulgado nesta segunda-feira, 03, o estudo foi realizado pela Agência Internacional de Energia – IEA, em inglês.

Para isso, daqui a 40 anos, serão gerados 3 mil gigawatts de energia limpa. Um pouco mais cedo, em 2030, esse número será consideravelmente menor, mas chegará a 900 megawatts.

Mas, para atingir números como esses, a tecnologia que envolve o mercado também precisa continuar se aperfeiçoando. Nesta segunda-feira, nos Estados Unidos, a empresa SunPower lançou novos paineis solares capazes de serem 19% mais eficientes do que os modelos já existentes no mercado.

De acordo com a fabricante, os produtos da nova linha E19 oferecemmelhor desempenho por possuírem um revestimento antirreflexo, fator que permite maior captura de luz solar. Outra característica é o maior espaço da superfície das células, o que possibilita gerar mais energia por watt.

A companhia diz que as novas placas estão disponíveis para aplicações comerciais e residenciais. O produto chega à América do Norte e à Europa em meados agosto deste ano.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/digital_news/noticia.php?id_conteudo=11594