A hegemonia do Internet Explorer no mercado de navegadores já não é mais como há 3 anos, quando o software da Microsoft contava com 80% de participação no setor.

Em abril deste ano, segundo dados da Net Applications, o browser da gigante dos softwares somou aproximadamente 60% da fatia do mercado. Um número consideravelmente menor do que o registrado em 2007.

Ainda de acordo com a pesquisa, o Firefox aparece em segundo lugar no mercado, com 25%. Na sequência, mas ainda bem longe dos primeiros colocados, vem o Chrome, com 6,7%, e o Safari, com cerca de 5%.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/digital_news/noticia.php?id_conteudo=11630