Os promotores que investigam o caso de um protótipo de iPhone 4G “perdido” em um bar e comprado pelo blog Gizmodo têm um novo argumento para manter os detalhes do caso em segredo: a proteção da identidade de um informante. A informação foi divulgada pelo site da Wired.

Na  semana passada, um grupo de órgãos de imprensa, que inclui Associated Press, Los Angeles Time e Wired, entre outros, solicitou que o caso fosse tornado público, para identificar se houve abuso da polícia ao invadir a caso do editor do Gizmodo, Jason Chen. 

Entenda o caso
Em maio, o blog Gizmodo publicou fotos e vídeos de um protótipo do que seria o iPhone 4G (nova versão do celular da Apple). Segundo a publicação, o aparelho teria sido perdido por um engenheiro da Apple em um bar.

A companhia de Steve Jobs confirmou que o aparelho era dela, pediu o equipamento de volta e solicitou uma investigação policial, que culminou com a busca na casa do blogueiro e na apreensão de computadores.

Fonte: http://macworldbrasil.uol.com.br/noticias/2010/05/11/caso-iphone-4g-policia-quer-proteger-informante/