Os casos polêmicos envolvendo o Street View, ferramenta do Google Maps que permite visualizar detalhes das ruas, continuam preenchendo nossas vidas de esperança. A vítima da vez é Gordon Rayner, morador de West Yorkshire (Inglaterra) que acusa o serviço de ter “revelado o conteúdo de sua garagem”, segundo reportagem do Daily Mail. O resultado, por enquanto, foi o furto de objetos, incluindo uma bicicleta, e nenhuma pista dos suspeitos.

Na imagem do Street View (acima), Rayner aparece na frente da casa, lavando a calçada. Ele diz que a imagem censura seu rosto e as janelas da casa, mas “mostra o conteúdo da garagem, e então você vê claramente tudo ali dentro”. Segundo Rayner, “é um convite para os criminosos levarem o que quiserem”.

O furto foi registrado no dia 12 de março, e outras tentativas de invasão foram feitas nas duas noites seguintes, segundo o morador.

Em defesa, um porta-voz do Google afirmou que “as imagens do Street View são as mesmas que qualquer pessoa poderia ver se estivesse passando pela rua”.
Enquanto a polícia investiga, Rayner achou melhor tirar os objetos de valor da garagem.