Um adolescente de 17 anos foi o responsável pelo ataque que deixou o site da Sony dez dias fora de funcionamento. A ação foi motivada por seu banimento da rede de jogos online da companhia – ele teria sido expulso por ter trapaceado no jogo SOCOM U.S. Navy Seals.

De acordo com a sentença, o garoto, que não tinha acusações anteriores, terá que pagar uma multa de cinco mil dólares à Sony, além de completar 250 horas de serviço comunitário. A empresa japonesa, originalmente, pedira mais de 33 mil dólares de indenização.

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/seguranca/2010/05/10/adolescente-tera-de-pagar-multa-por-tirar-site-da-sony-do-ar/