O vocalista da banda Maroon 5, Adam Levine, entrou com um processo contra a Activision por conta do uso de sua imagem no game musical “Band Hero”, de 2009. Ele afirma que, embora tenha concordado em ceder sua imagem para o título, não concordou em ver sua representação virtual cantando músicas de outros artistas.

O mesmo acontece com outros músicos que participam do título que permite “tocar” canções utilizando controles que simulam guitarra, baixo e bateria e cantando com um microfone. Eles, enquanto personagens, podem aparecer cantando músicas de qualquer outro artista, inclusive do sexo oposto.

Levine processa a Activision por quebra de contrato e violação dos direitos de imagem, pedindo uma indenização que não foi revelada.

Gwen Stefani, vocalista do No Doubt, já entrou com um processo contra a Activision pelo mesmo problema. Courtney Love, viúva de Kurt Cobain, do Nirvana, processou a produtora por usar a imagem do marido em canções que não eram as dele em “Guitar Hero 5”.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/08/vocalista-do-maroon-5-processa-produtora-por-imagem-em-game.html