O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE_SP) multou a Google Brasil Internet Ltda em R$ 30 mil por não retirar do YouTube vídeo considerado ofensivo ao candidato a senador Netinho de Paula (PC do B). O vídeo atribui ao candidato a prática de agressões físicas contra a ex-mulher e a um repórter humorístico. O juiz auxiliar da propaganda eleitoral, desembargador Mário Devienne Ferraz, considerou que a empresa é responsável pelo conteúdo prejudicial do site que hospeda, ainda que seja apenas provedor de hospedagem. Cabe recurso ao TRE.

fonte: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101010/not_imp623115,0.php