A “Fail Whale”, baleinha que ilustra a página de erro do Twitter, já virou um ícone do mundo tech, estampando camisetas e aparecendo em novas versões e montagens no Flickr, entre outras homenagens. Mas, por mais “simpática” que ela possa ser, não esconde o fato de que o serviço vem enfrentando diversos problemas de instabilidade ultimamente. Na última semana, falhas impediram que os usuários tivessem acesso à área de Ajuda do Twitter ou que alterassem a imagem do Avatar, por exemplo.

Já parecia que o Twitter, gigantesco em número de usuários, tinha cerca de duas pessoas na área técnica, e que elas não conversavam entre si, ou saíam para almoçar e esqueciam da vida – e dos milhões de usuários com serviço instável. Brincadeiras à parte, a verdade é que o Twitter quer mesmo ampliar a equipe.

Na página de empregos, atualmente, existem mais de 20 cargos disponíveis, desde Administrador de TI até Especialista em Localização para Itália e Alemanha. Se você se interessa, pode também acompanhar o @jointheflockpara saber das novidades sobre vagas e contratações no Twitter.

Enquanto isso, a empresa promete que está tomando providências. “Estamos trabalhando em soluções de longo prazo para tornar o Twitter mais seguro. Isso vai levar algum tempo e, apesar do sofrimento a curto prazo, melhoramos nossa capacidade em relação ao mês passado”, disse o engenheiro Jean-Paul Cozzatti ao comentar sobre as atualizações de sistema e a inauguração de novos servidores.

Fonte: http://uoltecnologia.blog.uol.com.br/arch2010-07-25_2010-07-31.html#2010_07-26_09_45_06-141838948-26