Destrinchamos os perfis dos profissionais buscados pela rede social

Twitter planeja abrir um escritório no Brasil ainda em 2012, seguindo os passos de outras redes como o Facebook, que já está em São Paulo desde agosto de 2011; Tumblr, que pretende chegar em breve; e LinkedIn, que se estabeleceu na capital paulista em novembro do ano passado.

Para iniciar esta jornada em terras brasileiras, o microblog está em busca de três profissionais: diretor de vendas, planejador de vendas e ‘advogado de marca’ (brand advocate). Se você se considera apto para tentar, veja abaixo o que o microblog espera de cada um dos profissionais.

Diretor de vendas:

Para concorrer é preciso ter ao menos dez anos de experiência em vendas, marketing ou funções relacionadas às áreas nas mídias digitais ou sociais. OTwitter exige que o diretor tenha trabalhado com campanhas de marketing, análise de ROI (retorno de investimento) e Sistemas de Automação de Marketing, além de ter atuado, no mínimo por três anos, com CRM (gestão de relacionamento com cliente).

Obviamente o candidato deve dominar com fluência a língua inglesa; se tiver mestrado no currículo, melhor. O profissional precisa se sentir confortável com um ritmo acelerado e pressão. Como a vaga exige apresentações em clientes e agências de publicidade, é necessário que ele saiba mexer com Power Point e Keynote.

Planejador de vendas:

Este profissional vai responder diretamente ao diretor de vendas e deve ter, no mínimo, quatro anos de experiência em vendas e marketing, além do conhecimento do mercado de mídias sociais. O candidato precisa demonstrar excelentes habilidades de comunicação, tanto verbal quanto escrita, capacidades comprovadas para gerenciar múltiplas tarefas e projetos, que estarão em constantes mudanças de prioridades. O trabalho ainda requer boas atuações diante do senso de urgência, precisão e metas. Os conhecimentos em Power Point, Keynote, Word e Excel são indispensáveis.

‘Advogado de marca’ (brand advocate):

O brand advocate é aquela pessoa que vai fortalecer a marca do Twitter em diversas áreas. O ideal, portanto, é que ela tenha pós-graduação (mestrado é um diferencial) e cerca de dez anos de experiência em marketing, contato com agências de publicidade ou suporte a vendas com foco em mercados emergentes e mídias sociais. O microblog deixou claro que está à procura de profundo expertise em plataformas de mídias sociais. Neste caso, um case de sucesso em sua carreira é bastante válido.

Assim como nos outros cargos, a pessoa deve se sentir confortável para fazer apresentações a clientes, agências, em grupos pequenos e grandes, assim como trabalhar com metas, equipe reduzida e tomar iniciativas. Para a vaga, é necessário equilibrar a necessidade de um rápido retorno e habilidades com softwares de apresentações como Power Point e Keynote.

Dicas gerais

Todos os profissionais brasileiros responderão para supervisores nos Estados Unidos. A pró-atividade é essencial, uma vez que se trata de um escritório pequeno e com pouca infraestrutura. Na descrição dos cargos, o microblog diz que o clima é de startup. Ou seja, é preciso muito trabalho até que a filial se consolide e consiga se expandir. Por fim, como não poderia ser diferente, o candidato precisa ter uma conta no Twitter.

Em uma entrevista para o Mashable, o diretor de comunicação do microblog, Matt Graves,  afirmou que “não existe um conjunto de habilidades ou experiências que estejamos procurando —depende realmente da posição. Mas com certeza buscamos alguns traços: pessoas que gostam de trabalhar muito, que pensem de forma inteligente e que respeitem o trabalho em equipe. Ter um grande senso de humor é um (grande) diferencial; eu nunca trabalhei com tantas pessoas engraçadas em minha vida”.

E aí, se empolgou? Clique nos links acima e se candidate às vagas. Quem sabe você não se torna o primeiro funcionário do Twitter aqui no Brasil. Boa sorte!

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/jovem/digital_news/noticias/twitter-ainda-esta-com-as-vagas-abertas-saiba-o-que-fazer-para-consegui-las