O Twitter pode ajudar cientistas a revelar a variação do humor no mundo, afirma um estudo. Dois sociólogos da Cornell University (EUA), Michael Macy e Scott Golder, analisaram 509 milhões de tweets de 2,4 milhões de pessoas diferentes, espalhadas por 84 países em um período de 2 anos. Um programa analisava o texto dos tweets e os classificava como positivos ou negativos.

Os pesquisadores perceberam que as pessoas, independentemente do local onde moram, da cultura ou da religião, apresentam comportamentos e humores semelhantes. Por exemplo: as pessoas tendem a fazer mais comentários positivos durante os finais de semana e no começo da manhã. E, normalmente, quem acorda de bom humor vai terminar o dia mau humorado. “Aos finais de semana, as pessoas não costumam ser acordadas por alarmes. Então, eles levantam naturalmente, o que pode ter colaborado com nossa constatação de melhores humores aos finais de semana”, disse Macy para o site LaptopMag.

Os sociólogos também procuraram encontrar alguma ligação entre o inverno e o humor das pessoas. De acordo com o estudo, dias com menos horas de luz do sol, realmente, influenciam no bem estar da população.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/jovem/digital_news/noticias/tweets_ajudam_cientistas_a_estudar_o_humor_do_mundo