Pesquisadores estão desenvolvendo nos Estados Unidos uma espécie de “touca” cerebral que permite controlar máquinas e computadores com o pensamento, segundo informações da Veja. A nova tecnologia poderá ser usada para manipular próteses robóticas, cadeiras de rodas e até avatares digitais, sem precisar de qualquer intervenção invasiva – basta colocar a touca na cabeça.

Neurocientistas da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, explicaram em um artigo, publicado no periódico Journal of Neurophysiology, como é possível transformar o pensamento em movimento. Segundo eles, a técnica é chamada de eletroencefalografia, ou, EEG, e permite registrar os impulsos elétricos cerebrais a partir de eletrodos colocados sobre o couro cabeludo. Em seguida, as ondas são decodificadas e transformadas em comandos que controlam uma interface de computador.

Em um estudo recente, os especialistas reconstruíram um movimento tridimensional das articulações da canelas, joelhos e quadris de voluntários que caminhavam sobre uma esteira. Por enquanto, o projeto se concentra em utilizar a tecnologia para ajudar vítimas de derrame, que tiveram o sistema motor comprometido. Outra forma de auxiliar pacientes seria reeducar o cérebro para reproduzir o movimento perdido.

A equipe de neurocientistas acredita que a tecnologia deve chegar ao mercado final em “alguns anos”. “Estamos desenvolvendo uma interface cerebral segura, confiável e não invasiva que pode mudar a vida de milhões de pessoas que perderam os movimentos”, disse o neurocirurgião Jose Contreras-Vidal, para a revista.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/touca_cerebral_permite_controlar_maquinas_apenas_com_o_pensamento