A Telefônica e a Intel fecharam um acordo nesta segunda-feira para colaboração no desenvolvimento de projetos de educação baseados na aplicação de novas tecnologias e conectividade. As duas empresas trabalharão para a criação de soluções de educação para países da América Latina contemplados no acordo – inicialmente Brasil, Chile, Peru, Equador, Colômbia, El Salvador e Nicarágua.

Segundo as companhias, o acordo permite a união da capacidade de conectividade e infraestrutura da Telefônica Empresas América Latina aos equipamentos portáteis do tipo Classmate PC equipados com a tecnologia da Intel, projetados para serem utilizados em salas de aula. Além disso, as duas empresas oferecerão programas especiais de capacitação e formação sobre uso e aplicação dos equipamentos.

A Telefônica e a Intel criarão nos países inicialmente contemplados salas de aula com 20 aparelhos. As salas também poderão funcionar, em alguns casos, como laboratório móvel e estarão à disposição de empresas, governos e escolas que queiram conhecer e adotar o modelo de educação.

“Na Telefônica estamos convencidos de que o desenvolvimento das tecnologias da informação e comunicação é fundamental para ampliar o progresso das sociedades e, nesse sentido, o acordo que acabamos de assinar com a Intel permitirá ampliar as oportunidades para o desenvolvimento nos países onde operamos”, Daniel Jiménez, Diretor da Unidade de Empresas da Telefônica para a América Latina.

“Uma base fundamental da Intel é o desenvolvimento da educação. Nosso objetivo é levar a educação e a conectividade a todos os cantos do planeta. Esse acordo nos permitirá ampliar o acesso à tecnologia e melhorar a educação na América Latina”, ressaltou Jesús Maximoff, Diretor Geral da Intel para a América Latina.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/educacao/noticias/0,,OI4805589-EI8266,00-Telefonica+e+Intel+se+unem+para+impulsionar+tecnologia+na+escola.html