Enquanto você, que acorda cedo e pega trânsito para ir ao trabalho, fica feliz quando chega o dia do pagamento, Steve Ballmer, diretor executivo da Microsoft, que não deve passar por tudo isso, provavelmente, ficou triste ao saber que seu bônus anual cairia drasticamente.

O fato é que Ballmer, em função do fracasso do lançamento do Microsoft Kin – celular da empresa que não ficou no mercado nem por dois meses – só vai ganhar metade de seu bônus anual US$ 670 mil (cerca de R$ 1,13 milhão). Ao todo, o diretor da Microsoft deve receber US$ 1,34 milhão no ano fiscal de 2010 (coitado dele!).

Para ter noção do quanto o homem tem dinheiro, ele, segundo a revista americana “Forbes”, é a 5ª pessoa mais rica dos Estados Unidos com uma fortuna aproximada de US$ 13,1 bilhões.

Apesar da redução pela metade do bônus de alguns executivos, a Microsoft apresentou lucro de US$ 62,5 bilhões. A esperança é que com o lançamento do sistema Windows Phone 7 (que ocorre ainda nesta semana, segundo a Reuters), a empresa concorra de igual para igual com o Android, do Google, e o iOS, da Apple.

Fonte: http://uoltecnologia.blogosfera.uol.com.br/2010/10/04/steve-ballmer-da-microsoft-so-vai-receber-metade-do-seu-bonus-esse-ano-us-670-mil-coitado/