O novo smartphone Motorola Razr chega ao Brasil em 16 de novembro, por R$ 2 mil, segundo a empresa anunciou nesta quinta-feira (3). O aparelho, que funciona com o sistema operacional Android, do Google, tem como destaque um processador de dois núcleos de 1,2 GHz e 1 Gbyte de memória RAM.

O Razr tem tela de 4,3 polegadas feita com a tecnologia SuperAMOLED e revestida por uma tecnologia a prova de respingos e riscos, diz a Motorola. “A taxa de contraste do nosso display é melhor que a do iPhone 4S”, disse Jim Wicks, vice-presidente de design da Motorola, que veio ao Brasil para o lançamento do smartphone. Segundo a empresa, o Razr é o “smartphone mais fino do mundo” –são 7,1 milímetros de espessura.

“Uma das coisas que você nota primeiro no Razr é o design. Nós usamos quatro princípios em sua escolha: simplicidade, riqueza, honestidade e surpresa”, afirma Wicks.

A câmera do aparelho tem resolução máxima de 8 Mpixels e filma vídeos em 1080p. A câmera frontal do aparelho também é em alta resolução. A Motorola também informou que o Droid Razr virá com o aplicativo Motocast, que permite que os usuários acessem músicas e fotos do computador diretamente no smartphone.

Um diferencial do aparelho em relação à segurança, diz a empresa, é a possibilidade de encriptação de dados pessoais, como mensagens de e-mail, contatos e calendário.

O Razr também vem com uma espécie de assistente, que realiza de maneira automática funções como ajustar o volume da campainha de acordo com o ambiente e enviar uma mensagem de texto quando o dono do aparelho perder uma chamada. As funções são realizadas pelo aplicativo Smart Actions, que vem carregado no aparelho.

O Smart Actions também permite melhorar a vida da bateria, segundo Wicks. “Ele otimiza as opções do aparelho e desliga o Bluetooth e o GPS quando não se está usando, por exemplo.”

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/11/smartphone-motorola-razr-chega-ao-brasil-por-r-2-mil.html