Segundo relatório do governo norte-americano, uma atualização programada pode causar grandes erros de navegação

Os sistemas de navegação GPS fazem parte do cotidiano da população há um bom tempo, com participação cada vez maior nas nossas vidas desde a chegada dos smartphones. Porém, neste final de semana, é bom procurar evitá-los. Isso porque uma programada atualização operacional, marcada para o próximo sábado (dia 6 de abri), às 20:59:42 no horário de Brasília, pode causar alguns probleminhas no seu funcionamento do sistema de navegação em questão.

O sinal de mensagem dos sistemas GPS armazena informações de data e hora de um jeito um tanto complexo, sem ler os períodos diretamente no formato convencional dia/mês/ano. Ele contém esses dados na forma de um contador sequencial de semanas, que representa o número de semanas que se passaram desde uma data de referência – no caso, 6 de janeiro de 1980 – contabilizando também a quantidade de segundos passados dentro da semana em curso. Só então essas informações são convertidas para o modo convencional, já nos dispositivos usuários do GPS.

E o problema nisso tudo é que existe uma limitação no campo de dados para o contador de semanas: ele só registra um total de 1.024 semanas, da semana 0 até a 1.023. Ou seja, no final da semana 1.023, exatamente o que estamos agora, o numerador precisa renovar sua contagem e recomeçar do zero. Acontece que esse reboot não acontece de forma muito tranquila e, provavelmente, desorientará os sistemas de GPS mundo afora.

É bom ligar o alerta

Segundo um informe do Departamento dos Transportes dos EUA, há uma recomendação especial para que os usuários de GPS para aviação esperem até o evento ser tratado adequadamente por sistemas de aviação certificados. As atualizações nos sistemas de usuário, nesse caso, serão controladas devidamente pelo governo norte-americano, que detém a operação da constelação de GPS. No entanto, a existência de equipamentos não-certificados não pode ser descartada.

A Divisão de Aviação também divulgou uma série de recomendações para reduzir os danos desse processo para usuários e também, operadores. Algumas são específicas para o transporte aéreo, mas vale ficar de olho:

  • Revise os manuais de operações do GPS ou entre em contato com seus fabricantes de avião para determinar o status de compatibilidade do seu dispositivo GPS e ações necessárias para garantir a operação adequada;
  • Durante e após o evento de 5 a 6 de abril, mantenha-se em alerta para quaisquer anomalias de GPS e esteja preparado para usar formas alternativas de navegação, se necessário;
  • Relatar os detalhes de qualquer anomalia de substituição do GPS ao fabricante do dispositivo, por exemplo.

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/sistemas-de-gps-podem-sofrer-um-reset-a-partir-desta-sexta-feira-e-causar-confusao-entenda/84407