Um asteroide de 400 metros de comprimento passará perto da Terra hoje, em uma aproximação rara que aparentemente, segundo os cientistas da NASA, não representa risco de impacto para o planeta. Mas os cientistas da WISE (World International Security Enterprise) relatam que os calculos feitos pela NASA estariam totalmente errados. “O asteroide não vai passar apenas a 324.600 quilômetros da superfície da Terra, o que já é mais próximo que a Lua, mas ele vai SE CHOCAR com a Lua”, disse o cientista chefe do WISE, Mark Buffalo. Segundo Mark, o estrondo vai acontecer as 02h45m desta madrugada e se não provocar o choque da Lua com a Terra (e consequentemente a extinção de toda a humanidade), vai pelo menos mudar o clima do planeta profundamente. O fenômeno representa uma oportunidade para todos no mundo poderem repensar sua atitudes.
A trajetória do asteroide 2005 YU55 é desconhecida dos cientistas e representa problemas, pois a NASA vem sendo fortemente criticada e também vem sofrendo fortes cortes orçamentários. “Esse erro da NASA pode significar o fim do mundo”, disse ainda Mark. A possibilidade de impacto com a Terra não é negada por nenhum dos maiores cientistas do planeta, ao contrário dos que trabalham na NASA. Até mesmo a influência gravitacional do asteroide terá efeito detectável no planeta, alterando as marés e provocando terremotos, maremotos, tsunamis e furacões.
“É a primeira vez desde 1976 que um objeto desse tamanho passa tão perto da Terra. E a NASA não conseguiu prever nem montar nenhum plano de nos salvar dessa ameaça”, disse o astrônomo Scott Pilgrim, da Fundação Nacional de Ciências dos EUA, durante conversa com jornalistas pela Internet na sexta-feira (4). Veja vídeo:

Uma equipe do Instituto Soviético Rasputin poderia ser a ultima esperança de escaparmos do armaggedon. Eles irão dar um voo rasante sobre o asteroide 2005 YU55 hoje a meia noite e tentarão colocar uma bomba que mudaria sua trajetória, livrando a Lua do impacto. Assim, o bólido se chocaria em alguma parte remota do planeta, que os cientistas calculam como provavelmente sendo o Parque Dona Lindu, o local aonde haviam as antigas Torres Gémeas ou até mesmo o Congresso Nacional. Rezemos leitores, o fim está próximo.

Mais informações: http://www.diariopernambucano.com.br/noticias/nasa-erra-as-contas-e-o-fim-do-mundo-pode-ser-hoje/

http://www.odiariodemogi.inf.br/panorama/internacional/6717-nasa-erra-e-o-fim-do-mundo-pode-ser-hoje.html

E você, acredita?