Desenvolvedores de aplicativos para smartphone da Applidium conseguiram estudar e entender o protocolo “Siri”, usado pelo reconhecimento de voz do iPhone 4S. Com a descoberta, eles afirmam que seria possível usar o Siri em um iPad ou até mesmo em um aparelho Android, concorrente do iPhone.

O áudio inteiro gravado para ser reconhecido pelo “Siri” é enviado para um servidor da Apple junto com um identificador relacionado a cada aparelho. Isso significa que, para ser usado em um iPad ou Android, ainda seria preciso ter uma chave única que está disponível apenas para usuários do iPhone 4S.

O protocolo usado pelo “Siri” é parecido com o HTTP – o mesmo protocolo usado para páginas web –, mas com algumas diferenças. O conteúdo da transmissão é compactado com Zlib e codificado com o codec Speex, um formato de áudio gratuito e livre feito para chamadas VoIP.

Para descobrir isso, os especialistas da Applidium tiveram de montar um servidor HTTPS falso e adicionar um certificado também falso ao iPhone 4S. Sem isso, a transmissão estaria completamente embaralhada e não seria possível analisar os dados enviados e recebidos pelo iPhone.

A Applidium disponibilizou uma série de ferramentas para que outros programadores e pesquisadores possam analisar o tráfego do “Siri” e até usá-lo em outros dispositivos. A empresa não divulgou um identificador de iPhone 4S, no entanto, que é necessário para conseguir usar o serviço.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/11/programadores-quebram-protocolo-do-siri-assistente-do-iphone-4s.html