Enquanto o 3D chama a atenção do público frequentador do cinema, o Pentágono está investindo na criação de imagens ainda mais realistas através da holografia. Junto à empresa Zebra Imaging, o departamento de defesa norte-americano foi capaz de desenvolver mapas extremamente realistas com imagens de cidades inteiras e campos de batalha localizados no Iraque e Afeganistão.

Para criar o efeito, os militares enviam dados de computador sobre as localizações que desejam visualizar para a companhia, que em seguida monta uma imagem holográfica hiper-realista. Em vez de óculos 3D, uma lanterna LED customizada aciona a imagem codificada no mapa – cada criação custa entre US$ 1 mil e US$ 3 mil para ser fabricada.

Como se tratam de hologramas e não somente uma projeção tridimensional, os mapas podem ser visualizados em qualquer ângulo de visão, característica que pode ser usada para planejar com mais precisão rotas de fuga e definir pontos de combate. A Zebra Imaging possui tecnologia capaz de incorporar diversas camadas em um mesmo mapa, permitindo visualizar o interior de prédios, incluindo até mesmo detalhes sobre seu sistema elétrico.

Além da criação de mapas, a tecnologia também é aplicada na construção de equipamentos para estudo. Exemplo disso são dispositivos explosivos, que podem ser mais bem compreendidos através da holografia do que pelos esquemas tradicionais em duas dimensões. Até o momento, a tecnologia está restrita a usos militares, mas não será nenhuma surpresa se invadir mercados mais amplos nos próximos anos.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI4833176-EI12882,00-Pentagono+usa+holografia+para+criar+mapas+D+hiperrealistas.html