Uma Operação deflagrada nesta terça-feira (6) pela Polícia Federal, está investigando a participação de moradores do Ibura e de Pontezinha – localizado em Jaboatão dos Guararapes – em crimes de pornografia infantil na internet. A Operação Libra é um desdobramento de uma outra ação, realizada em maio do ano passado e que resultou em diversas prisõe e apreensões de materiais pornográficos, que eram principalmente provenientes do Orkut.

As investigações foram iniciadas depois de denúncias recebidas na Central da Polícia federal, em Brasília. Foram emitidos dois mandados de busca e apreensão. Nos endereços apontados como suspeitos de reter o material criminoso, a polícia encontrou três discos rígidos, que passarão por uma perícia técnica. Caso seja detectado algum vídeo, foto ou material pornográfico envolvendo criança e adolescente, os responsáveis poderão ser autuados dentro do artigo nº 241 B, pelo crime de pedofilia, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, cuja pena varia de um a quatro anos de prisão. A análise está prevista para ficar pronta em cerca de 15 dias.

De acordo com o chefe de comunicação da Polícia Federal, Giovanni Santoro, aproximadamente 70% dos casos de pedofilia estão no Orkut. “Esta é a 3ª operação em nível nacional. Hoje em dia, a parceria com o Google já adianta bastante as inevstigações já que eles fornecem o IP de quem estava manipulando o conteúdo criminoso. Depois a empresa telefônica fornece o endereço de onde a máquina está localizada e é aí quando identificamos o suspeito do crime”, explica.

Qualquer pessoa pode denunciar conteúdo abusivo na internet. Basta acessar a página da Polícia Federal e apontar o site considerado criminoso.

Por Elian Balbino

Fonte: http://www.pernambuco.com/ultimas/nota.asp?materia=20101207125833&assunto=70&onde=VidaUrbana