Uma boa notícia para os moradores da cidade de São Paulo. Cinco meses após implantar a Nota Fiscal Paulistana (NFe), a Prefeitura do município lançou na semana passada um aplicativo que permite aos estabelecimentos emitirem as notas através de smartphones e tablets.

Os recursos são acessados pelo endereço nfe.prefeitura.sp.gov.br/mobile. Em breve, a prefeitura diz que essas funções serão distribuídas em aplicativos para os sistemas operacionais iOS e Android.

O funcionamento do sistema é bem simples: após solicitar o cupom fiscal no ato do pagamento, o documento eletrônico é enviado por e-mail ou SMS ao solicitante, e pode ser emitido tanto por pessoa jurídica, autônomos ou liberais.

Outro recurso interessante é que a nova ferramenta também mostra a localização e os contatos dos 310 mil prestadores de serviços cadastrados, através de um banco de dados de prestadores e empresas.

“Os smartphones e tablets substituem os equipamentos exigidos pelo fisco, como computador e o emissor de cupom fiscal. Dessa forma, se gera economia”, disse George Herman Tormin, secretário-adjunto de Finanças da capital, em entrevista para a Folha Online. Segundo ele, a expectativa é arrecadar R$ 500 milhões a mais em ISS (Imposto Sobre Serviço).

A Nota Fiscal Paulistana devolve até 30% do ISS para a população e o crédito acumulado pode ser usado para abater até 100% do IPTU ou ser transferido para uma conta-corrente ou poupança. Os consumidores podem acessar os créditos obtidos a cada serviço por meio do site da prefeitura.
Vale lembrar que existe a Nota Fiscal Paulista e a Nota Fiscal Paulistana. A diferença entre os dois serviços é o local em que podem ser solicitados. Enquanto a estadual é emitida na aquisição de mercadorias, como roupas, calçados, compras de supermercados e restaurantes, por exemplo, a municipal pode ser requirida na contratação de serviços sujeitos ao ISS, como é o caso de estacionamentos, academias, hotéis e outros estabelecimentos

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/nota-fiscal-paulistana-ganha-versao-movel-para-tablets-e-smartphones