São Paulo – Há uma crise na área de internet: ontem a Microsoft negou as acusações de plágio em relação aos resultados das buscas do Bing feitas pelo Google no começo da semana. As acusações foram publicadas pelo blog “Search Engine Land”. “Passei toda minha carreira perseguindo um bom buscador. Não tenho problemas com um concorrente, mas copiar não é inovação”, disse o engenheiro do Google, Amit Singhal.

“Não copiamos os resultados de qualquer um dos nossos competidores. Nós temos alguns dos melhores cérebros do mundo trabalhando nas buscas de qualidade e relevância, e um competidor acusar qualquer uma destas pessoas desse tipo de atividade é insultante”, disse o relações- -públicas da divisão on-line da Microsoft, Yusuf Mehdi.

Segundo informações do site TechTree, Mehdi também tenta esclarecer que a companhia procura cliques anônimos em um fluxo de dados em mais de mil entradas de informações dentro do algoritmo de classificação por relevância do Bing.

Ainda segundo o site, a Microsoft acusou a companhia de chamar a atenção para isso a fim de manipular os resultados de busca do Bing para um tipo de ataque feito por meio de fraude de cliques (que levam usuários a clicar em links que roubam informações). A empresa também alega que o Google copiou as parcerias da Microsoft com redes sociais, como o Facebook e também o Twitter

Fonte: http://www.dci.com.br/noticia.asp?id_editoria=9&id_noticia=361140