A Microsoft está a processar a Motorola por violação de patentes de smartphones. Em causa está tecnologia usada pelo sistema operativo Android, sobre a qual a empresa de Redmond afirma deter direitos de propriedade intelectual, que é usado em alguns modelos da Motorola.

Assim, a gigante do software entende que a fabricante lhe deve pagar para usar essa tecnologia nos modelos que comercializa, mesmo que esta utilização aconteça por via do recurso ao sistema operativo móvel promovido pela Google. Uma argumentação semelhante levou à assinatura de um acordo entre a Microsoft e a HTC, há uns meses atrás.

O assunto é agora objecto de um processo intentado em tribunais norte-americanos e também de uma queixa junto da International Trade Commission, relata a Associated Press.

De acordo com a Microsoft, citada pela agência, a discussão chega a instâncias judiciais depois de não ter sido renovado um acordo de licenciamento entre as duas empresas, válido entre 2003 e 2007, que estipulava o pagamento por parte da Motorola dos direitos pelo uso de tecnologia patenteada pela gigante de Redmond. Este facto ainda não foi, no entanto, confirmado pela Motorola.

Em causa estarão funcionalidades do sistema operativo como a sincronização de email, calendário e contactos, adianta a mesma fonte.

Contactada pela agência, a fabricante afirmou não estar em condições de comentar o assunto, uma vez que não tinha ainda visto o processo, adiantando apenas que é detentora de um extenso portefólio de propriedade intelectual e que pretende defender-se “vigorosamente” nesta matéria.

Fonte: http://tek.sapo.pt/noticias/negocios/microsoft_processa_motorola_1096032.html