Enquanto continua o debate sobre um sistema de privacidade que permitiria aos usuários optar por não ter seus dados coletados on-line, a Microsoft anunciou na última terça-feira um recurso para a versão mais recente do Internet Explorer, que oferece aos usuários a opção de impedir que determinados sites os sigam na rede.

O recurso, que estará presente no Internet Explorer 9, disponível no ano que vem, permitirá aos usuários a limitação da capacidade de empresas de terceiros de monitorá-los on-line. O anúncio veio uma semana após a Comissão Federal de Comércio (sigla FTC em inglês) defender um mecanismo que impeça o rastreamento, que poderia ser oferecido em um navegador para alertar o usuário sobre sites capazes de monitorá-lo.

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/microsoft-lanca-protecao-contra-rastreamento-em-seu-novo-navegador