A Microsoft vai investir em Portugal três milhões de euros até 2013. A missão é apoiar centenas de pequenas e médias empresas (PME) em serviços de consultoria, disponibilização de software gratuito e «star-ups» tecnológicos, assim como promover a qualificação tecnológica em empresas e desempregados.

O programa «Elevar Portugal» foi esta segunda-feira anunciado pela Microsoft Internacional, no âmbito de uma conferência da Associação Industrial de Portugal (AIP), que decorreu em Lisboa e agrega parcerias e investimento da tecnológica na área da cidadania e responsabilidade social corporativa.

Na prática, a Microsoft anunciou o reforço do Programa MAIS – Mediação e Apoio a Incentivos e Subsídios com um novo financiamento directo de mais de 600 mil euros. O objectivo é apoiar entre 800 e 1.000 PME nacionais no acesso a fundos europeus para a modernização tecnológica até 2013. O programa conta com a parceria do banco Santander.

«Criado em 2007, este programa já apoiou 1.800 empresas na candidatura a fundos da União Europeia. A taxa de sucesso é de 90%», disse o presidente da Microsoft Internacional, Jean-Philippe Courtois.

Ao mesmo tempo, a empresa vai disponibilizar 1,3 milhões de euros em software gratuito às empresas entre 2011 e 2013, no âmbito do Programa BizSpark.

Já na área da formação, a dona do sistema operativo «Windows» assinou um protocolo com a Citeve para aumentar a qualificação de desempregados e empregados em PME com baixas qualificações. Ao todo, a empresa vai financiar a Citeve em mais de 1 milhão de euros para prestar formação sobre tecnologias e cursos de vendas e comunicação a mais de 10 mil pessoas.

«O nosso objectivo é aumentar a competitividade de Portugal porque queremos trabalhar aqui durante muitos anos», disse Jean-Philippe Courtois, exemplificando: «Por cada euro que a Microsoft investe, as empresas com quem trabalhamos ganham 10,53 euros».

Uma iniciativa aplaudida pelo primeiro-ministro, José Sócrates: «O segredo do êxito está nas parcerias entre o público e o privado. O que está aqui a ser feito é fundamental para tornar o nosso país melhor».

Fonte: http://www.tvi24.iol.pt/media-e-comunicacoes/microsoft-pme-portugal-tecnologia-formacao-agencia-financeira/1216050-5239.html