De acordo com dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgados nesta segunda (16), o Brasil fechou o ano de 2011 com número recorde de habilitações de linhas celulares, que chegou a 39,3 milhões. Com isso, o total de linhas habilitadas chegou a 242 milhões durante o ano passado. No total, 26 Estados têm mais de um celular por habitante. Apenas o Maranhão ainda não passou a marca. Já o Distrito Federal ultrapassou o índice de dois celulares por morador.

Em 2010, 15 Estados mais o Distrito Federal haviam ultrapassado a marca de um celular por habitante no ano anterior. Em 2011, mais dez (Sergipe, Acre, Amazonas, Ceará, Paraíba, Roraima, Alagoas, Bahia, Pará e Piauí) ultrapassaram o mesmo índice. O Distrito Federal, além disso, ultrapassou em 2011 o índice de dois acessos móveis em serviço por habitante.

A teledensidade – número de celulares por pessoa – foi de 123,87 acessso por habitante (um aumento de 18,33%). Segundo a Anatel, o número absoluto de novas habilitações é o maior dos últimos doze anos.

Apenas em dezembro, houve um recorde de habilitações de linhas. O mês teve 6,1 milhões de habilitações, superando dezembro de 2010 (5,4 milhões), de 2007 (4,7 milhões) e de 2005 (4,4 milhões).

Acesso à internet móvel dobra

O número de celulares com acesso à internet móvel continua crescendo: em 2011, foram 41,1 milhões; o número de acessos praticamente duplicou em relação a 2010. Desse total, 33,2 milhões dos acessos foram feitos pelo celular; os outros 7,8 milhões via modem.

Ranking das operadoras

A Vivo continua sendo a operadora com maior número de acessos com cerca de 71 millhões ou 29,54% do mercado. Em seguida, estão a TIM, com 64 milhões de acessos (26,46%); a Claro, com 60 milhões de acessos (24,93%); e a Oi, com 45 milhões de acessos (18,78%).

Fonte: http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2012/01/16/maranhao-e-unico-estado-brasileiro-a-nao-ultrapassar-marca-de-um-celular-por-habitante.jhtm