O jogo de videogame “Call of Duty: Black Ops” foi alvo de críticas do site governamental “Cuba Debate”. Nesse novo game da série, o objetivo inicial é assassinar Fidel Castro, em uma operação de guerra virtual desenvolvida pelas ruas de Havana, no período anterior à “crise dos mísseis”, quando John F. Kennedy era o presidente americano.

Como o jogo é ambientando durante a Guerra Fria, a maior parte das histórias se passa em países inimigos dos Estados Unidos, como Rússia, Cuba e Vietnã.

O game, produzido pela empresa californiana Activision Blizzard, foi lançado durante essa semana e a previsão dos produtores é que seja um sucesso de vendas.

Fonte: http://www.oreporter.com/detalhes.php?id=32237