Pesquisadores do Oshiro Laboratory, da Universidade de Osaka, exibiram na última quinta-feira (17 de março) uma nova forma de projeção capaz de mostrar imagens tridimensionais. A invenção, demonstrada durante a Interaction 2011, utiliza uma combinação de projetores que, juntos, são capazes de criar a ilusão necessária para o reconhecimento de imagens tridimensionais.

Em vez de optar pelo método tradicional, que usa superfícies planas como forma de observar imagens, os pesquisadores optaram pelo uso de uma máquina geradora de névoa para a exibição das imagens. Após calcular a forma como a luz é projetada, os pesquisadores usaram três projetores, cada um responsável pela projeção de uma imagem ligeiramente diferente.

O resultado é uma imagem tridimensional, que muda conforme o ângulo de observação de cada pessoa. Como se tratam de somente três imagens projetadas, não é possível ter uma visualização em 360 graus do objeto selecionado. Mesmo assim, o resultado obtido atualmente impressiona pelo baixo custo e pela criatividade.

A próxima etapa do projeto é o desenvolvimento de conteúdos mais proveitosos, além da descoberta de uma configuração que torne o meio de projeção mais estável. O Oshiro Laboratory espera que, no futuro, seja possível projetar imagens ainda mais realistas com o auxílio de mais projetores e telas de névoa com dimensões maiores.

Leia mais no Baixaki: http://www.baixaki.com.br/tecnologia/9189-japoneses-exibem-projecao-de-imagens-tridimensionais.htm#ixzz1GxnwjKqU