A invasão das redes da Sony por hackers neste ano ganhou o Pwnie Awards 2011. A organização do evento, considerado uma espécie de “Oscar” do mundo hacker, premiou nesta segunda-feira (8) a empresa japonesa após as diversas falhas nos sistemas da companhia: da rede de videogames ao site da Sony Entertainment. A premiação ocorreu em Las Vegas (EUA), durante a BlackHat USA Security Conference.

O site do evento procurou elencar cada uma das “falhas” da empresa para justificar o prêmio “Most Epic Fail”.  O primeiro fato lembrado foi a tentativa da Sony de remover as informações da internet sobre o desbloqueio do Playstation III.

“Aparentemente pouco familiar com a internet e do quanto é difícil remover conteúdos da rede, a Sony tentou apagar as informações da rede e processou o GeoHot [um dos hackers que divulgou como faz o desbloqueio]. Nem preciso dizer, isso deu tão certo quanto os MiniDiscs”, informou a página, fazendo alusão ao formato de mídia da Sony.

Na sequência, a premiação recordou o roubo de informações da Sony Online Entertainment. Estima-se que cerca de 80 milhões de pessoas tiveram informações acessadas por membros do grupo hacker LulzSec.

“Após perceber que a PlayStation Network tinha várias falhas, a Sony ainda fechou a rede por dois meses para tentar consertar o problema. Fazendo isso, eles ajudaram todos – do seu primo de 8 anos ao barbeiro – a aprenderem a importância da segurança. Oba pra gente e meus pêsames aos acionistas da empresa”, justifica o site.

Por fim, a organização do prêmio cita que a companhia japonesa neste ano demitiu funcionários da equipe de segurança.

Homenagem ao Stuxnet

No Oscar, houve também uma premiação para o Stuxnet, vírus super complexo que infecta sistemas industriais. “Quantas centrífugas [de usina nuclear] o seu rootkit já afetou? Quantos programas nacionais o seu vírus já parou?”, questiona o site da organização, comentando os efeitos da infecção do Stuxnet em usinas nucleares no Irã.

Os desenvolvedores do vírus receberam o prêmio simbólico de “Epic 0wnage”, gíria utilizada por hackers para descrever uma situação vexatória. Nesse caso, o vexame ocorre pelo fato de ninguém saber como deter esse vírus.

Fonte: http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2011/08/08/invasao-da-rede-da-sony-ganha-oscar-hacker-de-maior-falha-do-ano.jhtm