Apesar de estarem na frente quando o assunto é o uso de dispositivos de segurança, os internautas brasileiros ainda acessam o banco via web com menos frequência do que os norte-americanos e europeus. Isso é o que indica uma pesquisa da empresa de segurança digital Gemalto, que ouviu 1.500 executivos do Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e França.

De acordo com o estudo, 60% dos brasileiros entrevistados usam o serviço de internet banking ao menos uma vez por semana. O número é maior quando considerados os internautas de outras nacionalidades: 69% os franceses, 72% os alemães, 73% os britânicos e 75% os norte-americanos.

O Brasil, por outro lado, lidera a utilização de dispositivos de segurança, como tokens, quando considerado o acesso ao banco via internet. Entre os entrevistados no país, 96% dizem fazer uso dessas ferramentas, contra 91% dos Estados Unidos, 89% do Reino Unido, 73% da Alemanha e 70% da França.

A alta adesão pode estar ligada à obrigatoriedade no uso desses dispositivos: os correntistas de alguns bancos não conseguem efetuar transações se não tiverem seus tokens ou cartões de segurança em mãos para oferecer combinações que vão além da senha.

Fonte: http://tecnologia.uol.com.br/seguranca/ultimas-noticias/2010/04/22/internet-banking-no-brasil-e-usado-com-menos-frequencia-que-em-outros-paises-diz-estudo.jhtm