Os domínios .xxx passaram por um penoso caminho até alcançar a aprovação, em março desse ano. Porém, em Cingapura, onde o uso da internet é fortemente monitorado e restrito, tal aprovação parece não significar nada. Jiaming Sim, um cidadão cingapuriano, dono de uma pequena empresa local, registrou-a em um domínio .xxx para defender-se de abusos depois que os domínios foram liberados no país. Quatro horas após a realização do registo, Sim foi preso pela polícia do país.

Sim, um produtor de mamão e polpa de tomate, havia comprado o domínio .xxx apenas para proteger os interesses de sua pequena empresa. De acordo com seu advogado, Pnob Chang, Sim comprou o domínio para que nenhum concorrente pudesse postar conteúdo vulgar com o nome de sua empresa.

Chang disse que a polícia de Cingapura é extremamente rigorosa e que o monitoramento de sites adultos é prática comum. Sim foi preso por uma “força policial considerável”, que entrou em seu apartamento e confiscou seu computador, além de quebrar-lhe dois dentes e quatro costelas, disse o advogado, de acordo com o site DomainGang.

Segundo o site americano Geek.com, Sim está sendo mantido em uma prisão de segurança máxima em Bukit Panjan, e Chang disse que vai apresentar uma petição para liberar o homem nas próximas semanas.

Países como China e Índia bloqueiam ou restringem o acesso aos domínios. .xxx, e muitos grupos religiosos nos Estados Unidos fizeram lobby contra a criação de um domínio de conteúdo adulto.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5351368-EI12884,00.html