O grupo hacker Anonymous cumpriu suas ameaças e invadiu nesta segunda-feira o site da New York Stock Exchange (NYSE), a sociedade administradora da Bolsa de Valores de Nova York, em sinal de apoio aos manifestantes do movimento Occupy Wall Street, acampados há três semanas no sul de Manhattan.

O acesso ao site do NYSE ficou lento por alguns minutos por volta das 15h30 locais (16h30 de Brasília), mas o ataque não afetou as operações eletrônicas da Bolsa de Nova York, segundo os portais especializados Keynote e AlertSite.

No entanto, um porta-voz da sociedade administradora da bolsa nova-iorquina, Rich Adamonis, minimizou a importância das ameaças hackers e afirmou à rede de televisão CNN que, ao longo do dia, não foi detectada “nenhuma interrupção” do site da empresa. Na semana passada, o Anonymous havia postado um vídeo no YouTube no qual ameaçava “apagar da internet” nesta segunda-feira o site do NYSE, contra o qual os hackers “declaram guerra”, como resposta às prisões de simpatizantes do Occupy Wall Street no último dia 1º.

O movimento iniciou neste sábado sua quarta semana de protestos, concentrados no distrito financeiro de Nova York para contestar a crise econômica mundial e os abusos do setor bancário. Um dos grupos que aderiram às manifestações foi o Anonymous, que ganhou fama nos últimos meses por invadir diversos sites pelo mundo. O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, assinalou nesta segunda-feira que, enquanto os manifestantes de Wall Street estiverem cumprindo com a lei, poderão permanecer acampados na praça do sul de Manhattan e realizar seus protestos contra os excessos do setor financeiro.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5404504-EI12884,00.html