playstation 3

A Sony divulgou nesta quarta-feira que informações pessoais de mais de 77 milhões de usuários de vários países dos serviços online do Playstation Network foram acessados por um hacker.

A empresa japonesa não descartou o roubo de dados de cartão de crédito e, por isso, pediu para que os usuários monitorem suas contas e verifiquem se houve transações não realizadas, mas cobradas.

Segundo o blog oficial do Playstation, uma “pessoa não autorizada” teve acesso a dados como nome, endereço completo e e-mail de usuários.

Outros dados pessoais, como data de nascimento, histórico de compras, endereço de cobrança e senhas e login também teriam sido acessados.

O hacker teria também acessado informações do serviço de música e vídeo Qriocity, no que está sendo considerado o pior caso de vazamento de informações online envolvendo uma empresa japonesa.

Invasão
De acordo com a agência de notícias Kyodo, o ataque virtual teria acontecido entre os dias 17 e 19 de abril.
No dia seguinte, a Sony optou então por desligar temporariamente a PlayStation Network e todos os serviços de compra de jogos online. Mas somente nesta quarta-feira, a empresa divulgou detalhes do ocorrido.

“Descobrimos que havia um invasor no dia 19 de abril e na sequência desligamos os serviços”, explicou no blog oficial do Playstation o diretor de comunicação corporativa e mídia social, Patrick Seybold.

Também foi contratada uma empresa de segurança de dados para investigar o ataque. “Foram necessários vários dias de análise forense”, disse Patrick, que prometeu divulgar os resultados no blog.

O sistema Playstation Network é usado para jogos online e para baixar conteúdos. A empresa recomendou aos usuários para que troquem logins e senhas quando o sistema for restabelecido.

Durante este período, a Sony informou que não entrará em contato com os usuários via e-mail ou pedirá qualquer informação de identificação bancária e pessoal. Por isso, pediu para que as pessoas tomem cuidado para não cair em golpes.

A empresa não divulgou de que países seriam os usuários que tiveram suas informações furtadas.

Imagem abalada
O roubo de tantas informações de consumidores pode ser visto como um desastre para a imagem da empresa, segundo Graham Cluley, consultor técnico da empresa de segurança Sophos.

“O Playstation Network é um produto realmente muito consumido, presente em várias casas no mundo todo. O impacto dessa invasão deverá ser muito maior do que um típico ataque hacker”, disse Cluley à BBC.

O consultor disse que, mesmo que não tenha havido o furto de dados de cartões de crédito, as outras informações roubadas são suficientes para que criminosos usem em ataques a outros serviços.

“Muitas pessoas usam a mesma senha em outros sites”, lembrou.

Fonte: http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2011/04/27/hacker-acessou-dados-de-77-milhoes-de-usuarios-de-playstation-diz-sony.jhtm