Cerca de 850 endereços em Palo Alto, na Califórnia, já estão conectados à internet com o Google Fiber, tecnologia do gigante de buscas que oferece banda larga de 1 gigabit por segundo – o que, segundo a empresa, é 100 vezes mais do que uma broadband comum. Os downloads pela conexão são de até 300 Mbps, e os uploads, de 150 Mbps, e acordo com o Daily Mail.

Após um concurso anunciado em fevereiro passado para escolher as cidades que receberiam a banda larga ultrarrápida – em um projeto que pretende atender entre 50 mil e 500 mil norte-americanos -, o Google escolheu o campus da Universidade de Stanford para o primeiro teste da tecnologia. A superconexão, que será gratuita no primeiro ano, já está funcionando a cerca de um mês em residências de estudantes e prédios da instituição de ensino.

A alta velocidade é possibilitada pelas fibras óticas que chega até os lares, em substituição aos cabos de cobre e fios telefônicos. A tecnologia também está sendo instalada em Kansas City, em rede “muito maior”, segundo o Daily Mail, do que a presente em Palo Alto, também para fazer testes preliminares.

Ainda de acordo com o jornal inglês, o Google encara a conexão ultrarrápida como o primeiro passo para viabilizar transmissões ao vivo e em alta resolução via internet, permitindo mais interação com os conteúdos. A velocidade da internet também permitiria seu uso em procedimentos médicos à distância e em ambientes de ensino.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5320702-EI12884,00-Google+testa+banda+larga+de+Gbps+nos+Estados+Unidos.html