A Google decidiu para de indexar em seu mecanismo de busca mais de 11 milhões de sites com o subdomínio .co.cc, considerado uma fonte de spam.

Esse subdomínio, que pertence a uma empresa coreana, não é um domínio de segundo nível autorizado (como .co.uk). Essa empresa revende domínios para outras, em pacotes que custam mil dólares por até 15 mil endereços web.

Oliver Fisher, membro da Equipe Anti-Malware, escreveu um post no blog do mecanismo de busca para explicar a decisão.

“Nosso sistema automatizado detecta sites que distribuem malware”, disse Fisher. “Para ajudar a proteger os usuários, recentemente modificamos esse sistema para identificar também subdomínios.”

Um relatório recente mostrou que sites com final em .cc geraram o dobro de ataques de phishing em relação aos outros como qualquer outra extensão de domínio, especialmente por causa do co.cc. subdomínio .co.cc. A empresa que possui essa terminação diz que tem 11,3 milhões de endereços registrados.

A Google tem sido vigilante em relação ao spam desde o começo, quando os funcionários procuravam manualmente por sites pornográficos para filtrá-los dos resultados. Recentemente, o site fez uma série de mudanças para também minimizar o impacto das chamadas “fazendas de conteúdo”, que produzem conteúdo ruim apenas citando os termos mais buscados.