Durante os protestos de quarta-feira contra o Sopa e o Pipa (Stop Online Piracy Act e Protect Intelectual Property Act), o Google convidou seus usuários a assinar uma petição online contra os projetos de lei antipirataria em discussão nos Estados Unidos. O resultado teria sido a adesão de 4,5 milhões de pessoas à causa, de acordo com o número de assinaturas divulgado pelo Google ainda na quarta-feira segundo o Los Angeles Times.

Segundo a Casa Branca, a página We the People (Nós, o Povo, em tradução livre) registrou outras 103.785 assinaturas, nas petições “pedindo à administração Obama que proteja uma internet aberta e inovadora“. Do total, 51.689 foram para o documento que clama pelo veto ao Sopa e outras 52.096 para a petição “Parem o E-Parsite Act”, como o Sopa foi apelidado.

A We the People é uma plataforma de petições criada pelo próprio governo Obama, para incentivar a interação dos cidadãos com a administração do país e viabilizar que aqueles solicitem ao presidente que “tome uma atitude em relação a uma série de assuntos importantes para a nação”. Foi em resposta a essas petições que a Casa Branca declarou que não apoiaria projetos pró-censura na web.

 

 

Google não aderiu ao blecaute, mas mandou mensagem ao Congresso americano

 

 

A petição do Google estava em site especial linkado na página inicial norte-americana de buscas. “Diga ao congresso: por favor, não censure a web”, dizia o texto que levava ao documento. “Não há necessidade de censurar as redes sociais, os blogs e os mecanismos de busca norte-americanos na internet, nem de implodir as leis que já existem e que ajudaram a web a prosperar, criando milhares de empregos nos EUA”, diz o texto.

Além das petições do governo dos EUA e do Google, outras mensagens de apelo aos legisladores norte-americanos circularam pela web. O grupo Fight for the Future, um dos organizadores do blecaute de quarta-feira, anunciou que 350 mil e-mails foram enviados a partir de formulários disponibilizados nos endereços sopastrike.com e americancensorship.org.

O Avaaz.org, de petições online, registrou quase 1,5 milhões de assinaturas em um documento contra o Sopa e o Pipa. Segundo o Google, à parte seu próprio texto, antes do dia do blecaute, outras petições contra os projetos de lei antipirataria já somavam 3 milhões de assinatura em diferentes sites da web.

Outros números sobre o apagão incluem os divulgados pelo WordPress, de que 25 mil blogs da plataforma teriam saído do ar, enquanto 12,5 mil teriam adotado a faixa “parem com a censura”.

Fonte: http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2012/01/19/google-e-casa-branca-somam-46-milhoes-de-assinaturas-contra-sopa/