Executivo do Google diz que Apple e Microsoft estão unidas para deixar o Android menos competitivo

O Google divulgou uma nota em que acusa Microsoft, Oracle, Apple e outras empresas de travarem uma “campanha hostil” contra o Android por meio de acusações falsas de violação de patentes. Em postagem no blog oficial da companhia nesta quarta feira, o vice-presidente sênior e diretor Jurídico do Google, David Drummond, afirma que essas empresas se uniram para adquirir patentes da Novell e da Nortel para se certificarem de que a gigante das buscas não faça isso. “Eu trabalho no setor de tecnologia há mais de duas décadas. Microsoft e Apple têm estado sempre na garganta um do outro, então quando vão para cama juntos, você tem que começar a se perguntar o que está acontecendo”, escreveu.

O executivo disse que o sistema operacional do Google, que tem mais de 550 mil dispositivos ativados diariamente, através de uma rede de 39 fabricantes e 231 operadoras, está competindo com outras plataformas, incentivando a produção de dispositivos e aplicativos móveis “incríveis” para os consumidores. Drummond afirma que essas empresas querem que o Google pague taxas de licenciamento de US$ 15 para cada aparelho que rode Android, tentando tornar a licença, que o Google fornece gratuitamente aos fabricantes, mais cara que a do Windows. Ele também critica os processos por violação de patente contra Barnes & Noble, HTC, Motorola e Samsung, fabricantes que usam Android nos seus aparelhos.

“Patentes foram criadas para incentivar a inovação, mas ultimamente elas estão sendo usadas como uma arma para detê-la”, afirmou. O texto de Drummond diz que um smartphone pode envolver até 250 mil reivindicações de patentes, e que os concorrentes querem impor um imposto por patentes questionáveis, tornando os aparelhos mais caros para os consumidores e tornando mais difícil para os fabricantes venderem aparelhos com Android. “Em vez de competir através da construção de novos recursos ou dispositivos, eles estão lutando através de litígio”, disse o executivo.

“Não somos ingênuos”
O vice-presidente do Google afirmou que essa estratégia anticompetitiva aumenta o valor das patentes muito acima do que realmente valem. Ele afirma que a compra do portfólio de patentes da Nortel pela Apple e Microsoft por US$ 4,5 bilhões está quase cinco vezes acima do valor estimado em leilão. “Não somos ingênuos, a tecnologia é uma indústria forte e em constante mudança e nós trabalhamos muito duro para nos manter concentrados em nosso próprio negócio e criar melhores produtos. Mas neste caso achamos que era importante falar e deixar claro que estamos determinados a preservar o Android como uma opção competitiva para os consumidores, impedindo aqueles que estão tentando estrangulá-la”, disse.

A Microsoft e a Apple não foram localizadas para comentar as declarações do executivo. A nota completa, em inglês, está disponível no endereço http://bit.ly/ppAwBN

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5278875-EI15606,00-Google+acusa+Microsoft+e+Apple+de+campanha+hostil+contra+Android.html