Paco Ragageles, um dos fundadores da Campus Party, defende o uso da tecnologia como uma ferramenta para criar algo melhor para o mundo

Paco Ragageles, um dos fundadores da Campus Party, o maior evento geek do planeta, e José Maria Álvarez-Palette, presidente do Grupo Telefônica na América Latina, afirmaram no palco principal da Campus Party, na noite de segunda-feira, a necessidade de pensar a tecnologia não somente como diversão, mas, principalmente, como uma ferramenta para criar algo melhor para o mundo.

Eles encabeçam um projeto chamado #SomethingBetter, escrito com a hashtag para lembrar a força do Twitter entre os participantes da 4ª edição brasileira do evento. Paco afirmou ser urgente para o mundo pensar que a mesma tecnologia que torna o mundo menor e abre possibilidades também mata e destrói vidas, lembrando o caso do estudante americano que se suicidou depois um streaming dele fazendo sexo com outro estudante caiu na rede.

A questão aqui é poder fazer a diferença, segundo palavras dos palestrantes. Para isso, é necessário que as escolas criem, em sua grade de matérias, o ensino cívico da tecnologia. É também pertinente, para eles, que o governo trabalhe para fazer a internet mais acessível e que as escolas sejam inseridas de fato na cultura digital.

Para Paco, como o famoso movimento Médicos Sem Fronteiras, é preciso criar a ideia de uma espécie de Nerds Sem Fronteiras. Para ele, se os grandes usuários da internet, como os campuseiros, conseguirem despertar algum tipo de consciência em qualquer pessoa, então ele estará fazendo “alguma coisa melhor”.

Campus Party Brasil 2011
Nascida na Europa, em 1997, a Campus Party é um dos maiores eventos de tecnologia, entretenimento e cultura digital do mundo que, em 2011, chega a sua quarta edição brasileira. Além do Brasil, são tradicionais os encontros realizados na Espanha, na Colômbia e no México. A Campus Party Brasil acontece de 17 a 23 de janeiro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP).

Para este ano, são esperados mais de 6,8 mil participantes – ou campuseiros – sendo que dentre esses, mais de 4,5 mil ficam acampados no local. Além de atividades como oficinas e exposições, a Campus Party Brasil 2011 terá inúmeras palestras. Entre os confirmados, estão o ex-vice-presidente dos EUA, Al Gore, Tim Berners-Lee, pai da “WWW”, e Jon Maddog Hall, presidente da Linux International, e muitos outros.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/campus-party/noticias/0,,OI4895551-EI17279,00-Fundador+da+Campus+Party+defende+uso+da+tecnologia+para+o+bem.html