Empresa trabalha em um sistema de realidade aumentada com o objetivo de substituir o uso dos smartphones convencionais. Dispositivo deverá ser lançado até 2025

O interesse do Facebook em criar óculos com realidade aumentada já foi citado por Mark Zuckerberg na conferência de desenvolvedores da empresa em 2016. Mas agora uma reportagem da CNBC revelou alguns detalhes sobre o projeto “Orion” – codinome usado para se referir aos óculos – com detalhes sobre suas funções e uma possível data de lançamento.

O projeto está sendo desenvolvido pelo Facebook Reality Labs em Redmond, Washington. A rede social deseja que o dispositivo possa substituir os smartphones. Com uma tela pequena, o aparelho vai permitir que os usuários atendam chamadas, transmitam ao vivo e tenha acesso a diversas informações.

A identificação do usuário e a navegação pelo sistema seria feita por um assistente de voz que está sendo desenvolvido pela mesma equipe. O Facebook também trabalha em uma espécie de “anel”, com codinome “Agios”, que usa um sensor de movimento para oferecer aos usuários outro método de identificação.

Segundo a reportagem, o Facebook fez com que o dispositivo fosse o menor possível para que ele tenha um formato que “os consumidores acharão atraente”. A CNBC também revelou uma parceria com a Luxottica, empresa que possui várias marcas de óculos, para ajudar no desenvolvimento.

Antes, o Facebook assinou uma parceria com a marca de óculos Ray-Ban. Muitos acreditaram que esses óculos pudessem estar sendo produzidos entre as duas empresas, mas, segundo informações do The Information, ambas trabalham em um outro projeto que recebeu o codinome “Stella”. O dispositivo resultante seria um concorrente direto dos Spectacles do Snapchat.

O Facebook pretende lançar esse ambicioso projeto em algum momento entre 2023 e 2025. Para que isso seja possível, Mark Zuckerberg instruiu o chefe de hardware do Facebook, Andrew Bosworth, a priorizar seu desenvolvimento.

A parte mais interessante da divulgação dessas informações é que o Facebook quer substituir o uso de smartphones por seus óculos inteligentes. De várias maneiras, esse novo dispositivo daria à empresa a chance de controlar uma plataforma de hardware e software de ponta a ponta.

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/facebook-quer-usar-oculos-de-inteligentes-para-substituir-smartphones/90442